terça-feira, 30 de setembro de 2008

CAMISA HISTÓRICA

O espaço Camisa Histórica homenageia hoje a torcida do Atlético-PR, que enfrenta nesta terça-feira, em Curitiba, o Chivas Guadalajara do México pelas oitavas-de-final da Copa Sulamericana. Essa camisa é de 1988, a última do clube com listras horizontais. A partir do ano seguinte, o clube adotou as listras verticais. Quem não conhece muito de futebol, pode pensar que esta é a camisa do Flamengo. Mero engano. Outra detalhe que chama a atenção é o fornecedor de material esportivo. A marca Campeã, de Joinville.

TÚNEL DO TEMPO

O Túnel do Tempo volta para registrar a piscina olímpica da Universidade Federal de Santa Catarina, que hoje é coberta. O registro fotográfico, que pertence à UFSC, foi feito em 1970. No fundo, o morro do Bairro Pantanal atualmente ocupado por mansões e prédios.

MISSÃO DO JUVENTUDE

O Juventude tem uma missão e tanto para chegar novamente à elite do futebol nacional. A equipe da Serra Gaúcha necessita de 8 vitórias em 10 jogos para atingir a meta de subir. Não será fácil, ainda mais contra adversários diretos como o Avaí. Mas no sábado, toda cautela é pouca. O jogo no Estádio Alfredo Jaconi será tenso e de pressão por parte da torcida local. Jogar com inteligência é o que vale. Mas atuar muito fechado pode prejudicar o resultado final.

TIME PARA CAXIAS DO SUL

Quais seriam os substitutos ideais de Émerson e Marquinhos para o jogo de sábado contra o Juventude, em Caxias do Sul? Na opinião do blog, Fabrício ou Turatto são as melhores opções para a zaga, mas Fábio Fidélis pode receber nova chance, desta vez à frente da defesa. No meio, Odair é o mais provável. Silas poderia manter Wendell que jogou muito contra o Bahia. Batista volta e tem vaga garantida. A sugestão seria atuar com Marcos Winicius, Wendell, Batista e Válber no meio-campo. Portanto, o time do blog seria: Eduardo Martini, Ferdinando, Cássio, Fabrício e Jeff Silva; Marcos Winicius, Wendell, Batista e Válber; Evando e William.

segunda-feira, 29 de setembro de 2008

MANAUS QUER A COPA

Informação trazida agora pouco pelo Blog do Roberto Alves confirma o ingresso da cidade de Manaus na disputa por uma das vagas à Copa de 2014. Uma das justificativas se refere à questão do meio ambiente. É claro que a Amazônia, cobiçada pelas grandes economias mundiais, estaria envolvida nessa proposta dos amazonenses. Outro fator que pode servir de defesa, por parte dos governantes daquele Estado, diz respeito à força da Zona Franca de Manaus e suas potencialidades econômicas. É ver para crer essa disputa. O certo é que agora são quase 20 cidades buscando 10 ou 12 vagas. A decisão final sai em março do ano que vem.

FESTA DE ARROMBA 2

Desembargador Alexandre d´Ivanenko na foto com a equipe de trabalho do gabinete no TJ e o filho mais novo Gregório, comemorando o casamento do filho do meio, Thiago.

FESTA DE ARROMBA

Foi uma festa de arromba. Assim o blog julga a comemoração do casamento dos noivos Thiago d´Ivanenko e Marina Bastos, no último sábado, no Lira Tênis Clube. Diversas personalidades da sociedade florianopolitana estiveram presentes. Ele, alvinegro por questão de honra, foi prestigiado por todo o "staff" do Figueirense e amigos de longa data. Ela, avaiana de nascença, teve a forte presença da tradicional família Bastos e amigas fiéis. Futebol e política foram assuntos do casamento, mas sem provocação. A pedido do noivo, a festa prosseguiu sem manifestações partidárias ou clubísticas. O mais empolgado na festa foi o desembargador Alexandre d´Ivanenko, pai do noivo, que dançou até altas horas. A festa foi muito bem organizada e ofereceu aos convidados tudo do bom e do melhor. Fechando a noite, o Grupo Samba Aí deu um show até 4h30min quando encerram-se as apresentações de palco. Um festaço. Parabéns aos noivos e uma excelente lua-de-mel é o que o blog deseja.

REGULAMENTO NOVO PARA 2009

Amanhã, na bucólica cidade de Balneário Camboriú, o presidente da Federação Catarinense de Futebol Delfim de Pádua Peixoto Filho irá novamente reunir os representantes dos clubes para definir o Catarinão do ano que vem. E tem proposta nova. A idéia é, ao final do campeonato, fazer um quadrangular final, com os campeões dos turnos levando um ponto para a fase decisiva. Os outros dois classificados viriam por índice técnico. Lembrando que em 1998 esse regulamento foi adotado. O Avaí, campeão dos dois turnos à época, foi ao quadrangular final com 2 pontos. Ficou de fora da final, disputada por Criciúma e Tubarão. Vamos ver se a proposta vai agradar a gregos e troianos nesta terça-feira.

PROJEÇÃO TRICOLOR

O Criciúma, com 30 pontos, precisa de mais 15 para não cair. Portanto, necessita da vitória na metade dos jogos restantes. Joga exatamente cinco em casa. Mas não são partidas fáceis. Dentro dos seus domínios, o Tigre tem plenas condições de vencer: Ceará, Bragantino, Gama e Santo André. Enfrenta também o Corinthians, que pode amolecer em virtude da estabilidade no campeonato. Já fora, o Criciúma disputa 3 jogos contra times que brigam pelo acesso: Avaí, Barueri e Ponte Preta. Tem ainda pelo caminho Marília e Brasiliense, adversários mais frágeis e concorrentes diretos na briga pela fuga do fastasma do rebaixamento. A torcida (foto acima) vai ter que ajudar.

PROJEÇÃO AZURRA

O Avaí continua no caminho certo. Muitos defendem que precisa chegar a 64, 65 pontos. O blog vem apostando em 62, mas acrescenta-se mais um, portanto, 63. Para isso, faltam 4 vitórias e um empate. Obviamente que essa meta dá para cumprir somente nos jogos em casa. Mas é necessário somar pontos nos 5 jogos fora e quem sabe liquidar de vez a fatura. A começar pela partida de sábado contra o Juventude. Se continuar nessa trajetória, o time azurra conquista o acesso até a partida contra o Brasiliense, no dia 11 de novembro.

PROJEÇÃO ALVINEGRA

Vamos às projeções. Não podemos deixar de destacar que o ponto conquistado pelo Figueirense sábado foi muito importante. O detalhe vai decidir o campeonato. Tanto para ser campeão, como para não cair e também para a Libertadores. Com 29 pontos, o alvinegro precisa de pelo mais 15 para evitar a queda. Deu para ver no final de semana que o Vasco não é grande coisa. Dá para vencer em São Januário. Mas se voltar do Rio com um ponto, já é bom negócio. Seguindo a projeção, quatro vitórias são possíveis dentro de casa. Contra Ipatinga, Náutico, Atlético-PR e Fluminense. Contra o Palmeiras, pelo menos um pontinho. Somando essas vitórias e os dois empates já dão 14 pontos. O caminho está desenhado.

LAGOA DA CONCEIÇÃO

Para começar bem a semana, que será decisiva, o blog traz a vocês uma bela imagem do canto direito da Avenida das Rendeiras, na Lagoa da Conceição. Nem o tempo cinzento de domingo afagou a paisagem da nossa bela Ilha de Santa Catarina. Boa semana a todos!!!

ENTIDADE VAI GERIR A SÉRIE C

No final de semana o blog obteve conhecimento da possível criação de uma entidade para gerir a Série C. Aos moldes do Clube dos 13 e da FBA (Futebol Brasil Associados). E para comandar essa nova instituição, teria sido indicado um representante catarinense. Qual seria o motivo? O blog perguntou à fonte que não quis responder. Há mistério no ar. O certo é que o Marcílio Dias está garantido na terceirona ano que vem, com calendário extenso. Se o Criciúma cair, também participa. Mas o Tigre tem chances de se recuperar. Esqueçamos a hipótese de rebaixamento.

OCTOGONAL DA SÉRIE C

Águia-PA, Rio Branco-AC, Campinense-PB, Confiança-SE, Atlético-GO, Duque de Caxias-RJ, Brasil-RS e Guarani-SP. São os oito clubes que continuam na Série C buscando o tão sonhado acesso à segundona. Pelo quadro, temos muitos de pouca expressão nacional, mas que são fortes em seus respectivos estados. São os casos de Guarani, Confiança, Atlético-GO, Rio Branco e Campinense. A certeza é que em 2009 haverá novos roteiros de viagem para os clubes. Guarani e Atlético são favoritos, portanto, Campinas e Goiânia são cidades já para lá de conhecidas no meio futebolístico. Agora, Rio Branco no Acre, Campina Grande na Paraíba, Aracaju em Sergipe e Marabá no Pará vão fazer parte deste cenário. Os clubes do Sul irão, no mínimo, conhecer duas dessas cidades, caso Guarani e Atlético realmente se classifiquem.

sexta-feira, 26 de setembro de 2008

UM ESPETÁCULO

Gostaria de parabenizar o Avaí pela bela iniciativa. Relembrar o passado é questão de honra. E ter um manto à altura e muito realista é um prazer. Felizmente, fui agraciado com essa camisa através do jornalista Ricardo Macuco que me indicou como um jornalista avaiano assumido. Assim como Miguel Livramento, Cacau Menezes, entre outros que não ficam em cima do muro. Já está em minhas mãos a vestimenta que guardarei para o resto da vida. A boa coincidência, trata da conquista do tetracampeonato em 42, 43, 44 e 45. Detalhe que em 1945, o Avaí aplicou a maior goleada da história do Campeonato Catarinense, fazendo 21 a 3 no extinto Paula Ramos. O mais curioso é que a final deste torneio só ocorreu em 1946, exatamente no dia em que faço aniversário, 10 de fevereiro. Portanto, 35 anos depois eu nascia. O jogo final terminou 9 a 2 para o Avaí sobre o Caxias de Joinville. Um espetáculo.

quinta-feira, 25 de setembro de 2008

OS NÚMEROS DA BRASMARKET

A RIC Record divulga daqui a pouco a pesquisa Brasmarket. Em primeira mão, os números a vocês:

ESTIMULADA

Dário Berger 41%
Esperidião Amin 19%
Cesar Souza Junior 17%
Angela Albino 6%
Nildão 2%
Afrânio 1%
Joaninha 1%



ESPONTÂNEA

Dário 39%
Amin 18%
Junior 14%


REJEIÇÃO

Amin 24%
Dário 16%
Junior 13%

RÁDIO, O MAIOR VEÍCULO DE COMUNICAÇÃO

Viver sem ele é impossível. Viver sem a informação, muito menos. Viver sem cidadania, é algo que não condiz com a civilização. Portanto, no Dia Mundial da Radiodifusão fica a homenagem ao maior veículo de comunicação de todos os tempos: o rádio. A minha relação com este meio de comunicação singular começou cedo, ouvindo as transmissões do futebol. A partir daí, estreitei a distância. Até os 18 anos, quando ingressei no curso de jornalismo, eu só queria saber de ouvir futebol. Na academia, passei a dar valor às notícias, ao jornalismo de forma geral. Depois, passei a ouvir rádio AM o tempo todo. Até que mais tarde cheguei ao rádio para ser protagonista. Comecei a carreira na televisão, mas minha efetiva paixão sempre foi a rádio difusão. Foi doloroso deixar a CBN, mas a distância dos microfones não durou 6 meses. Desde abril, contribuo com o programa Esporte na Rede, da Rádio Alesc Digital. Para mim, um prazer inigualável. Convites não faltam para retornar às emissoras convencionais, mas o momento profissional não permite. Por enquanto, vou matando a minha sede de rádio com o que posso, como se fosse o último gole de água no deserto. E quem sabe em 2009, voltar a brilhar junto aos ouvintes em um projeto mais concreto. Vamos aguardar.

quarta-feira, 24 de setembro de 2008

MARCÍLIO FOI LONGE

O Marcílio Dias fez o que pôde para chegar à Série B, mas não deu. Hoje foi a última chance. O certo é que a equipe de Itajaí terá um bom calendário em 2009. Além do Catarinão, vai disputar a Série C em turno e returno, com 20 clubes. Esse regulamento permite um bom planejamento e quem sabe em 2010 o Marinheiro chegue à segundona. Alías, em 2009, o Marcílio pode ser o único catarinense na C, dependendo do desempenho final do Criciúma na B. Mas a tendência é que o Tigre fique, o Avaí suba e o Figueirense não caia. Na derradeira Série D, poderemos ter Metropolitano, Chapecoense ou Joinville.

PESQUISAS ELEITORAIS

Para os antenados nas eleições municipais de Florianópolis, o blog informa que serão publicadas mais duas pesquisas até o domingo. Amanhã, A RIC Record divulga, no jornal das 20h, a pesquisa Brasmarket referente à disputa para o cargo de prefeito da Capital. Na sexta, os números estarão no Jornal Notícias do Dia. Já a pesquisa Ibope, novamente encomendada pela RBS TV, será publicada no Jornal Diário Catarinense de domingo. Dica: para obter o jornal dominical, já no sábado, vá ao encontro dos jornaleiros que atuam em frente ao TICEN, no Centro. Por volta das 8h30min já está à venda a edição do periódico.

FLORIPA 2030: VISÃO METROPOLITANA

Ontem estive na apresentação do projeto Floripa 2030, da ONG Floripa Amanhã. Conceitualmente, é um belíssimo material teórico. A começar pela questão gráfica envolvendo a região metropolitana com marinas, portos, viadutos, parques e áreas verdes. Duas idéias me chamaram a atenção. A primeira delas é a preservação imediata das áreas de mata nativa. Isso é preponderante ao equilíbrio. Esse fator é chave para o desenvolvimento sustentável da cidade e região. O outro aspecto é a valorização do Continente, acoplando os municípios vizinhos. Dar infra-estrutura à parte continental é a meta para desafogar o inchaço da Ilha e da margem dos bairros Estreito e Coqueiros (Florianópolis), Barreiros e Ponta de Baixo (São José). Em 2010, a capital catarinense terá aproximadamente 525 mil habitantes. Já a previsão para 2030, é de 900 mil. A região metropolitana irá comportar dentro de 22 anos cerca de 1, 7 milhão de pessoas.

PARABÉNS DR. NEY MUND

Homenagem de hoje ao Dr. Ney Mund que completa 80 anos de idade. Felicidades à família Mund, aos Carreirão e aos amigos que compartilham desta amizade. A foto acima, mostra o momento em que Ney Mund conclui o curso de medicina em 1953, na cidade do Rio de Janeiro, à época capital federal. Parabéns Dr. Ney!!!

UM PONTO E A CAMINHADA CONTINUA

O Avaí começou o jogo parecendo que ia fazer uma grande vitória. Depois, o rendimento caiu. Percebi um desgaste físico nos jogadores por causa da sobrecarga de jogos. No final, o resultado foi bom, pois um ponto sempre é bem-vindo. Mas o Silas, com todo o respeito, tem errado nas substituições. Primeiro, o Joelson na lateral-direita. Nem pensar. Sabíamos da ausência de um jogador da posição no banco. Mas emergencialmente, coloca-se um volante por aquele lado. Silas poderia também ter dado uma oportunidade ao Abuda. Mas isso não foi um erro. O Odair precisava entrar. Surpreende também a falta de ritmo e vontade do Válber. Depois da contusão, não é mais o mesmo. Tomara que decole na reta final. Por fim, sabemos que é chato falar de projeção matemática, mas faltam 5 vitórias. E sábado, sem o Batista, o cérebro do time, precisamos da vitória. Vamos em frente.

terça-feira, 23 de setembro de 2008

COM 44 PONTOS, O FIGUEIRENSE ESCAPA

Conversei ontem com o Tiago d´Ivanenko, que faz parte da diretoria de futebol do Figueirense. Mostrou-se bastante preocupado com a situação do time no campeonato, mas nada que impeça a reação. No domingo, o Figueirense voltou a jogar bem, mas a defesa continua sendo o grande vilão na competição. Para d´Ivanenko, a estratégia é matar os confrontos diretos em casa (Náutico, Atlético-PR, Ipatinga e Fluminense) e ainda buscar mais três pontos fora. Segundo ele, essa vitória pode acontecer já neste sábado contra o Atlético-MG. Contra o Vasco, em São Januário, as dificuldades são maiores. Ontem, na Sportv, projetaram 44 pontos para os clubes que escapam. Com isso, o Figueirense necessita de 5 vitórias e um empate.

segunda-feira, 22 de setembro de 2008

ZÉ CARREIRÃO ETERNO

Se estivesse vivo, ele completaria hoje 78 anos. Estou falando de José Damiani Carreirão, pai de Anita, Elaine, Acácio, Cláudio e Sílvio. Eu não o conheci pessoalmente, mas tenho a certeza que cumpriu o papel de pai, avô e marido por aqui. A homenagem destina-se à família Carreirão que hoje com certeza irá lembrar dos momentos vividos com o Zeca. Nada mais justo que lembrá-lo do tempo em que comandava o Bloco dos Sujos na Rua Duarte Schutel. Claro, sempre com as suas sombrinha e peruca.

NEY MUND: 80 ANOS

Antecipando a comemoração do aniversário dele, que acontece nesta quarta-feira, aí vai a primeira foto. Dr. Ney Mund é um dos médicos mais humanos que a nação tem. Nascido em Florianópolis, o jovem garoto foi ao Rio de Janeiro na década de 40 buscar o aprimoramento profissional. A Ilha de Santa Catarina não tinha cursos na área da saúde, então os estudantes recorriam a Curitiba e à capital federal. Ney Mund preferiu a Faculdade Nacional de Medicina no Rio, onde se formou em 1953. E nesse dia 24 de setembro, o médico que mais se preocupou com os oprimidos, faz 80 anos. Motivo de orgulho da família Mund e dos Carreirão. Os filhos, Cristina, Neco e Fátima estão em festa. A irmã Neusa Mund Carreirão também está muito feliz. Amanhã, mais fotos em homenagem a este grande ser humano.

PAIXÃO ETERNA

O amor que tenho pelo Avaí é algo presente o tempo todo. É puro estado de espírito. É sangue, é religião. É amor, é acima de tudo, lealdade, orgulho e eternidade. Essa é a mensagem que fica para a continuidade do campeonato. Vamos em frente Leão!!! Ah, e a foto. Foi tirada nesta segunda-feira no Morro do Horácio. Em um muro qualquer, na rua. Uma verdadeira obra de arte.

TÚNEL DO TEMPO

Foto da Unidos da Coloninha em 1962. A escola de samba do Continente foi fundada justamente naquela década e era formada por crianças. Mais tarde, tornou-se agremiação oficial disputando o carnaval na Avenida Paulo Fontes e posteriormente na Passarela Nego Quirido, onde conquistou 5 títulos seguidos na década de 80. Ainda nessa semana, o blog encerra a série com as escola de Florianópolis falando da preparação da Coloninha para 2009.

FOI INESQUECÍVEL

Demorou, mas chegou. A foto que reuniu cerca de 100 ex-alunos do Colégio Catarinense durante a festa de comemoração de 10 anos da formatura de 1998. Alguns não ficaram até o terceirão, entretanto fizeram questão de comparecer à confraternização. Na foto: Ana Lúcia, Toninho, Paula, Taís Machado, Gabriela, Cíntia Damiani, Patrícia, Ivanzinho, Adalba, Marquinhos, Marina, Daniel Ávila, Mariana, Tabalipa, Bibi, Mariana Abreu, Juane, Sílvia Varella, Carocha, Cadocha, Coruja, Caroline Pamplona, Sara, Elaine, Diogo, Marcela, Renata Portella, João Paulo, Julye, Carlos, Fernanda Wolff, Flávia, Fernanda Ramos, Laurinho Linhares, Bagata, Rabello, Camila Costa, Otávio, Tiaguera, Marreco, Chico Pimenta, Fernando Dutra, Luiza Paulo, Café, Gui Oliveira, Duda Tonelli Largura, Diogo Kleinubing, Raphael Garcia, Hugo Sperb, Paulo Brunatto, Luís Martorano, Nado Branco, Bordinhão, Cacá Bolsoni, Mariana Pesca, Igor de Oliveira, Professora Nilce, entre outros.

domingo, 21 de setembro de 2008

ANÁLISE SÉRIE B

Na Série B, faltando 12 rodadas, 7 times brigam por 3 vagas. O Corinthians precisa vencer mais duas para concretizar o objetivo de subir. Ou seja, pode perder até 10 partidas. Os demais clubes (Vila Nova, Santo André, Avaí, Bragantino, Barueri, Ponte Preta e Juventude) vão disputar até o fim a missão de ingressar na elite do futebol nacional. Para Vila e Santo André, as metas são iguais: 5 vitórias. Já o Avaí, projeta as mesmas 5 vitórias e mais um empate que pode vir contra o Ceará na terça. O Barueri vai precisar de 6 vitórias e 2 empates para carimbar o passaporte. A Ponte Preta necessitará de pelo 22 pontos, podendo perder somente 4 partidas. E o Juventude tem a missão de vencer 7 e empatar duas, podendo ser derrotado em apenas 3 jogos. Abaixo, um esboço gráfico que o blog preparou para você:
CORINTHIANS - PODE PERDER 10 DE 12
VILA NOVA - PODE PERDER 7 DE 12
SANTO ANDRÉ - PODE PERDER 7 DE 12
AVAÍ - PODE PERDER 6 DE 12
BRAGANTINO - PODE PERDER 5 DE 12
BARUERI - PODE PERDER 4 DE 12
PONTE PRETA - PODE PERDER 4 DE 12
JUVENTUDE - PPDE PERDER 3 DE 12
OBS: Ceará e Bahia, com 36 pontos, para alcançar os 62 pontos necessários ao acesso (segundo estimativa do blog) precisarão de 8 vitórias e 2 empates. Portanto, só podem perder apenas duas partidas. As demais equipes da Série B lutam contra o rebaixamento.

RODADA SÉRIE A

Na Série A, até o Inter que tem 39 pontos e está em décimo-primeiro, todos tem chance de chegar à Libertadores. Disputa acirradíssima até o final. Do Atlético-MG para baixo, o dilema da possível queda. Ipatinga não escapa. A Portuguesa respirou. Fluminense e Vasco continuam em queda. Atlético-PR e Náutico são concorrentes diretos do Figueirense. E por falar no time da capital, voltou a jogar bem. Mas a derrota continua atormentando a torcida, foram 6 seguidas. Falar em forma de matemática é chato, porém neste momento tornou-se inevitável. Agora precisa de 6 vitórias em 12 jogos.

sexta-feira, 19 de setembro de 2008

A UNIÃO FAZ A FORÇA

Vamos lá Nação Avaiana! Faltam 6 vitórias! Hoje à noite, é para gritar até o último minuto, ficar rouco e correr para o abraço. Falta pouco. Vamos incentivar e não xingar. Vamos nos doar e não criticar. Vamos nos unir, cada vez mais. A nossa hora está marcada, o nosso dia está escrito. Rumo ao Sul da Ilha!!!

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

MORRO DO MOCOTÓ É BETO CARREIRO

Beto Carreiro é o enredo da Protegidos da Princesa para o carnaval de 2009. A agremiação do Morro do Mocotó vai mostrar na avenida o mundo encantado do Parque Beto Carreiro e toda a relação que o empresário tinha com os animais e a natureza. A escola precisa recuperar o status de vencedora, pois nos últimos carnavais ficou entre terceiro e quarto lugar. A Princesa ainda detém a maior quantidade de títulos do Brasil, com 23 canecos. E em 2009, a meta é chegar aos vigésimo-quarto para quebrar o tabú de 7 carnavais. O último título foi em 2002, com o enredo "Uma ópera na Avenida: Carlos Gomes, O Guarany". Dentro de exatos 30 dias, a Protegidos completa 60 anos de história. A escola foi fundada no Morro do Caixa, isso mesmo, no território da co-irmã Copa Lord. Mais tarde, transferiu-se para o Morro do Céu sob o comando da família do Zé Foguete. Anos depois veio a aproximação com os moradores do Morro do Mocotó que hoje defendem as cores da agremiação carnavalesca.

CAUTELA


O adversário do Avaí nesta sexta, o América-RN, não é a mesma equipe fragilizada do primeiro turno. Evoluiu, dentro do objetivo que é não cair para a Série C. Nesse período da competição, as equipes crescem e dão o máximo para alcançar as metas. Portanto, o jogo não será fácil. É preciso ter inteligência e cautela. E você torcedor, não esqueça o apoio é fundamental amanhã, pois restam 18 pontos a serem conquistados.

FORA JOELSON

Amigos leitores, peço desde já desculpas pela demora nas atualizações do blog. Como todos vocês viram nos jornais regionais e nacionais de hoje, diversas autoridades políticas estiveram em Florianópolis ontem, portanto, eu estava diretamente ligado, o motivo todos sabem. Pois bem, dando continuidade ao conteúdo do blog, quero aqui rechaçar a contratação do Joelson. Sinceramente, porque ele voltou? Jogador altamente indisciplinado dentro de campo, fora de forma e permanece exagerando na noite. Sinceramente, Joelson não agrega. O Avaí tem um grupo altamente qualificado, onde "farinha do mesmo saco" não serve. Fora Joelson.

terça-feira, 16 de setembro de 2008

HOJE À NOITE NA HELÔ

A sorte precisa continuar, por isso, irei hoje à noite novamente ao Bar da Helô ver o jogo. Lá, o Avaí ainda não perdeu esse ano com a minha presença. Na partida contra o Santo André não estive presente, portanto, a derrota veio. Agora é voltar aos afazeres domésticos da nossa querida Helô para alavancar o acesso. Hoje a dica no Morro do Céu, em termos de gastronomia, é: cerveja Original estúpida e a mega porção mista (frango, coração e calabresa). Alô turma, vamos lá!!! Gus, Duda Largura, Maurício Pontual, Teske, Cabeça, Murilo, Cesinha, Betinho, Marquinhos Velhão, Banana, Gordinho, é a hora!!!

MISSÃO DIFÍCIL

Missão difícil terá o Mário Sérgio. São 13 partidas de nível altíssimo. Mas ainda dá para recuperar a auto-estima. O problema é que ele tem a característica de jogar fechado demais. Isso irrita a torcida, a imprensa, enfim, a todos. Segundo o meu amigo Ednaldo Lisboa, o Feijão do Avante de Santo Antonio de Lisboa, Mário Sérgio foi contratado para jogar na retranca e evitar novas goleadas. Ele ainda foi taxativo: "Tomara que essa retranca transforme-se em pontos ganhos". O Cruzeiro vem aí precisando de pontos para se manter no G4. O jogo de domingo no Estreito promete ser um dos mais tensos do ano.

VITÓRIA EM GOIÂNIA PARA EMBALAR DE VEZ

Se o Vila Nova-GO está hoje na terceira posição com 44 pontos é porque venceu e bem os jogos em casa. Empatou em apenas 3 deles. Fora de seus domínios, a equipe goiana deixa a desejar. A prova real foi a derrota por 5 a 1 para o América-RN no final de semana. Sem falar na derrota de 4 a 1 na Ressacada no primeiro turno, onde o Avaí venceu com extrema facilidade. Nesta terça gorda de Série B, o Leão da Ilha precisa manter o ritmo, jogando para cima, afinal 6 vitórias garantem o acesso. Quem sabe até menos. O importante é buscar os 3 pontos.

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

TÚNEL DO TEMPO

Alguns leitores vão custar para entender essa foto. E onde é o local. Se hoje formos ao mesmo lugar veremos imensos prédios, ao fundo, e muitas árvores plantadas. A imagem acima retrata a Praça Celso Ramos em 1960, no início da Agronômica. O busto do ex-governador permanece lá. Ao fundo, a orla da Baía Norte ainda sem as pistas triplicadas da Avenida Beira-Mar. Reparem no cenário de trás, mais para a esquerda, o prédio do Hospital dos Servidores.

O BICHO VAI PEGAR

O Figueirense trabalha com 7 vitórias e um empate para não cair. Após a goleada sofrida pelo Sport, caiu a ficha da diretoria que agora busca motivação, um novo treinador e pelo menos mais dois reforços para os 13 jogos restantes. Analisando a tabela, o alvinegro tem 7 partidas em casa. São elas, pela ordem: Cruzeiro, Palmeiras, Ipatinga, Fluminense, Atlético-PR, Náutico e Internacional. Já fora de casa, onde o time precisaria de apenas um empate, caso vença todos os jogos em seus domínios, os confrontos são contra: Atlético-MG, Vasco, Santos, Grêmio, São Paulo e Botafogo. De fato, existem apenas 3 partidas medianas: contra Ipatinga, Atlético Paranaense e Náutico. O resto é tudo pedreira, pois parte vai brigar pelo título, parte pela Sulamericana e outra parte para não cair. É ver para crer.

domingo, 14 de setembro de 2008

JURERÊ ERA A PRAIA DO POVO

Florianópolis é a menina do Brasil e Jurerê Internacional, a praia da moda. Todos querem morar lá, todos querem estar lá. Observem no recorte de jornal cedido pelo Cesinha Nunes. Jurerê era a praia de todas as gerações, como é hoje. Mas era a verdadeira praia do povo. Todos iam para lá acampar e fazer aquela tradicional "farofa". O material histórico é da década de 70, do nosso ainda sobrevivente, mas na UTI, Jornal O ESTADO. O título da matéria, Jurerê: camping de todas as gerações.

OBRIGADO AMIGOS LEITORES

Sempre é bom saber que o blog é lido e por amigos de todos os cantos. Na sexta-feira, na Ressacada, o eterno repórter de rádio, Toninho José, me informa que o ex-presidente da Fesporte, o amigo Pedrinho Bastos, lê o blog todo dia de Brasília. Muito obrigado amigo e bom trabalho aí na Esplanada dos Ministérios. Já ontem, na festa de 10 anos de formatura da minha turma do Colégio Catarinense, soube que o Gustavo Niehues, o Bob, também acompanha o trabalho do blog diariamente do Estado do Missisipi, nos EUA. Valeu Bob, estamos aqui torcendo por você!!! O reconhecimento provém do trabalho ético, profissional e sujeito à correção. É assim que aplico todos os dias, muito obrigado!!!

VIAGEM À AMÉRICA DO SUL

Essa foto aí é do Avaí em fevereiro de 1973 quando o time excursionou por Uruguai, Argentina e Paraguai. A imagem foi tirada por Carlito Nunes, pai do Cesinha, que à época, era superintendente da Federação Catarinense de Futebol e acompanhou a delegação do Avaí nessa viagem à América do Sul. Cesar Nunes está à direita encostado na árvore só observando o movimento.

CESAR NUNES: O COLECIONADOR

Cesinha Nunes é um dos maiores conhecedores de futebol e carnaval que já vi. Natural do Morro do Céu, ele tem quatro paixões desde criança: Avaí, Copa Lord, Flamengo e Portela. No quesito futebol, o fanatismo supera a razão. Falar do Avaí do tempo do Campo da Liga e do Flamengo campeão do mundo o enche de orgulho. Quando o assunto é carnaval, a simpatia pelo espetáculo não ultrapassa os limites da paixão por uma só agremiação. Aliás, futebol e carnaval tem suas peculiaridades e não podem ser comparados. Mas além do conhecimento, da vivência, dos fatos, Cesinha tem um hábito diferenciado: colecionar recortes de jornais e objetos históricos. Outro dia, no Bar da Helô, local onde nos encontramos para ver os jogos do Avaí fora de casa, Cesar trouxe uma centena de recortes. Tinha a foto do Avaí quando viajou pela América do Sul, do Flamengo da década de 70, do carnaval da Ilha no tempos da Paulo Fontes e da Nego Quirido, do Guarani campeão brasileiro em 1978 com Zenon, enfim, uma série de fatos que marcaram a cultura da cidade. Graças a esse trabalho de guardar material histórico, pude concluir o curso de jornalismo da Unisul em 2002. Na monografia, escrevi uma narrativa histórica sobre o Estádio Adolfo Konder. Pois bem, Cesar continua a apreciar a história da cidade principalmente nesses dois aspectos, futebol e carnaval. Um trabalho de arquivo que nos remete ao passado, reativando a memória de uma cidade que um dia foi tranquila e do conhecimento de todos. Hoje, Florianópolis é a menina dos olhos do turismo e tem dificuldade de manter a essência. Vamos lutar por isso, até o fim.

COMPLICOU

Meus amigos, o blog está de volta, como de costume, no domingo à noite para repercutir os jogos da rodada. É claro, para nós florianopolitanos o jogo mais importante envolveu Figueirense e Sport. Não é surpresa relatar que a concentração em Águas Mornas não serviu aos jogadores alvinegros. O resultado de hoje comprova a falta de votande de muitos deles. O Figueirense carece de um ídolo, sem falar do Wilson. Ocupar a posição de defesa mais vazada do campeonato é o reflexo da péssima qualidade dos zagueiros. O principal deles, o Asprilla que hoje não jogou mas está no hall dos piores zagueiros da história do futebol. A situação complicou. Vem por aí, seguidamente, Cruzeiro em casa, Vasco e Atlético-MG fora e Palmeiras em casa. Dos 13 jogos restantes, o Figueirense precisa somar mais 20 pontos. Ou seja, vencer 6 e empatar dois. Todo esforço é necessário. Inclusive, admitir que existe um plano B para evitar o rebaixamento. Não adiante tapar o sol com a peneira e dizer que isso não passa pela cabeça. O torcedor não é otário e tem o direito de cobrar.

sábado, 13 de setembro de 2008

BELA REVISTA

Recebi nesta sexta-feira a nova revista do Avaí. Um brinco. Graficamente, impecável. Excelentes textos escritos por Alceu Atherino e Nícolas Stefanovich. Sem falar nas fotos excepcionais do amigo Antonio Carlos Mafalda. Não perca, a revista é para guardar. Aliás, a edição traz as súmulas dos jogos do Avaí. Simplesmente fantástico! Em dezembro sai a segunda edição, se Deus quiser, com o acesso. E partir de 2009, o material jornalístico passará a ser bimestral. É o Avaí voltando a se organizar, também na área de comunicação.

NOITE SOFRIDA

O jogo mais difícil do ano foi hoje contra o Fortaleza. Que sina contra os cearenses. Tabú de quatro anos quebrado, William desencantou, a chuva atrapalhou, Marquinhos sobrou, enfim, uma noite cheia de fatos e casos raros. Comentei com um colega no jogo, quando o Avaí empatou que se vencesse, realmente, seria a prova que esse é o ano. Não tenho mais dúvida. Faltam 6 vitórias para o objetivo. Que assim seja já contra o Vila Nova na terça.

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

TEMPO DO PASTO DO BODE

Foto histórica registrada em 27 de outubro de 1983, na despedida oficial do Estádio Adolfo Konder. Os veteranos de Avaí e Figueirense empataram em 1 a 1, numa partida melancólica. Na foto, da esquerda para a direita, Carlos Roberto, Milton Cavallazzi e Souza (in memoriam).

HISTÓRICO: AVAÍ X FORTALEZA

Segundo o levantamento do blog De Canhota, do amigo Guto Atherino, em 9 confrontos o Avaí venceu apenas dois diante do Fortaleza. Aquela fatídica vitória em 2000, por 2 a 1, quando o goleiro avaiano Cesar Silva falhou no último minuto impedindo a disputa de pênaltis, e o 1 a 0 em 2004, com o gol de Joelson. Aliás, essa foi a última vitória sobre os cearenses. Na Ressacada, foram 4 jogos: duas derrotas, um empate e uma vitória (a do gol salvador de Joelson). O empate em 0 a 0 foi aquele no quadrangular final da Série B de 2004, quando o árbitro Heber Roberto Lopes anulou um gol legítimo do Marquinhos Paraná. Ainda na mesma partida, o goleiro Bosco do Fortaleza fez dois milagres seguidos no finalzinho. Já a derrota por 2 a 0, em 1999, ocorreu em um jogo em que o Clodoaldo acabou com a partida. Já na derrota por 2 a 0, em 6 de outubro do ano passado, o atacante Willian, hoje no Avaí, foi o autor de um dos gols. Essa partida marcou a minha despedida da Rádio CBN Diário.

MOMENTO DE MOTIVAÇÃO

Para motivar a Nação Avaiana, aí vai uma foto do dia em que a cidade parou para ver o Avaí passar. Foi exatamente na data de 7 de dezembro de 1998. Os jogadores recém haviam chegado de São Caetano do Sul-SP, após a conquista da Série C. É claro que esse o título é difícil, devido ao desempenho incomparável do Corinthians, mas o acesso é viável. Faltam 7 vitórias. Entretanto, será que teremos jogo nesta sexta? Impressionante a sina do Avaí. Quando há jogos importantes, São Pedro surge e interfere. Esperamos que desta vez para o bem.

quinta-feira, 11 de setembro de 2008

FESTA DOS FORMANDOS 1998

Apenas reforçando que será neste sábado a festa de 10 anos de formatura da turma de 1998 do Colégio Catarinense. Quem puder ajudar na divulgação, o blog agradece. Até mais tarde, com novas postagens.

quarta-feira, 10 de setembro de 2008

GUGA, O "FEMÔMENO"

O Guga comemora hoje 32 anos de uma vida que ele construiu em busca da estabilidade. Deu exemplo, se dedicou, cumpriu o dever e agora se concentra em outro projeto: a universidade. Para quem ainda não sabe, o manezinho que encantou o mundo está prestando cursinho para no final do ano buscar uma vaga na faculdade. Mas enfim, Guga Kuerten continua sendo o mesmo. Com tudo e com todos. Na Ressacada, na rua, nas entrevistas, com os amigos, na night. Guga é simplesmente Guga. Merece uma estátua na entrada da cidade. Como diz o Xexéu do Mercado Público, o Guga é um "femômeno".

TEMPO LOUCO

Tempo louco nesse mês de setembro em Florianópolis. Nos primeiros dias, sol forte e calor. Deu até praia. Depois veio a sequência de vento sul e chuva. Nos últimos 15 dias, deve ter feito uns 5 de vento sul. Mas é normal nessa época chover bastante. E é importante para equilibrar o ecossistema. E também é em setembro que ocorre a última frente fria do ano. A partir de outubro, a Ilha passa a ser invadida por turistas. Para os manezinhos mais conservadores, a melhor época do ano na cidade vai de março a setembro.

ENGENHO DE DENTRO

Amigos e fiéis leitores do blog, peço desculpas pelo atraso nas publicações. A correria está grande. Mas pois bem, vamos às notícias e comentários. A Seleção Brasileira estréia hoje, de forma oficial, no Estádio Engenhão, no Rio de Janeiro. É claro, um jogo para fortalecer a imagem do estádio e reafirmar a organização do Brasil para a Copa de 2014. Só que nos bastidores, apenas um estádio será utilizado por cidade. Portanto, no Rio, o Maracanã será o palco. E como fica o Engenhão? Com a palavra, a CBF.

terça-feira, 9 de setembro de 2008

COPA LORD E OS POVOS

Foi um dos desfiles mais vibrantes que eu já vi em 22 anos de Nego Quirido. 100 anos da imigração japonesa, enredo da Embaixada Copa Lord, trouxe à avenida negros e orientais juntos. Uma mistura de povos. E dentro desse contexto, a agremiação do Morro da Caixa pretende repetir o êxito em 2009. O enredo "Santa Catarina de todos os povos" vai contar as origens das diversas colonizações espalhadas pelo território catarinense. Não se resume apenas a italianos, alemães e portugueses. Aqui, há a colonização austríaca, russa e também a japonesa. O Domingo do Samba, evento consagrado da escola, volta à tona em outubro. Preparem-se, o carnaval do ano que vem vai ser realmente um dos melhores.

RECADO

Sinceramente, apelar no programa de tv sobre a crítica feita à vinda de pessoas de fora é falta de conteúdo. Determinado candidato está julgando o que não sabe. Todos nós, manezinhos, nos orgulhamos da cidade e somos contrários à migração de pessoas que venham a prejudicar a cidade. Repito, prejudicar. Ninguém quer, na Ilha e no Continente, pessoas que matem, que roubem, que façam definitivamente o mal. E acima de tudo, o mal coletivo e público. Sejam bem-vindos todos os vizinhos do Sul, do Sudeste, do Nordeste, do interior. Bem-vindos para contribuir, para desenvolver. E não para enriquecer às custas do povo.

CIVISMO, SÓ NA COPA

No último domingo o blog não quis entrar na questão do civismo. Pois definitivamente, o povo brasileiro só é patriota na Copa do Mundo. O orgulho não se estende ao dia 7 de setembro que marca a independência. Mas tudo bem. O patriotismo é como a fé. Cada um tem a sua forma de se expressar. Mas falando do desfile, que ocorre na Passarela Nego Quirido, o vejo como um momento de pura história e cultura. Ali passam a Aeronáutica, o Exército, a Marinha, enfim, as forças armadas nacionais. Os detalhes de uma equipe pronta para a guerrilha ficam evidentes nos rostos dos soldados, pintados para a defender a pátria. O uníco ponto negativo foi a mudança de local. É verdade que a passarela tem uma estrutura fixa para receber o público. Mas eu sinto saudade do tempo da Avenida Beira-Mar Norte. Acordava-se cedo, com a pipa embaixo do braço, rumo ao mar. A turma descia o morro e se divertia. Ainda tinha algodão doce, maçã do amor e pipoca. Ô tempo bom!!!

TÚNEL DO TEMPO

Vista panorâmica da Ponte Hercílio Luz na década de 60. Percebam na Ilha a presença de pouquíssimos prédios, à direita, bem no coração do Centro. No miolo da cidade velha, nota-se um vazio, bem na reta da ponte. Ali existiam diversas chácaras que pertenciam as famílias tradicionais: os Piazza, os Bulcão Vianna, os Carreirão, os Mund, os Linhares, os Mussi, entre outros.

segunda-feira, 8 de setembro de 2008

A SELEÇÃO VOLTOU A BRILHAR

A situação apertou e a seleção canarinho resolveu jogar. A derrota ontem custaria o cargo de Dunga. O empate nem tanto. Mas o certo é que os 3 pontos conquistados no Chile foram muito importantes. Destaque para o Luiz Fabiano que jogou muita bola. Para carimbar o passaporte à África do Sul, são necessários 30 pontos. Mais 6 vitórias o Brasil garante. Vence a Bolívias quarta e a Venezuela em outubro. Para 2009, restarão 4 vitórias. Lembrando que os jogos contra Uruguai e Argentina serão fora de casa.

PRAÇA ESTEVES JUNIOR

Bons tempos vivi nessa praça na época de colégio. Ali, parávamos após as aulas cansativas da manhã. A turma ficava até perto das 13h jogando papo fora e paquerando é claro. Para quem ainda não identificou, é a Praça Esteves Junior, perto do Colégio Catarinense. Esses canhões foram descobertos faz 12 anos. Depois disso, resolveram expor o equipamento de guerra ali mesmo. É do tempo de auto-defesa dos portugueses da velha Desterro contro os espanhóis.

COINCIDÊNCIAS

Em 7 anos de Série A não vi o Figueirense contratar tão mal quanto esse ano. Excesso de jogadores e pouco qualidade. Foi campeão estadual por causa da camisa. Não manteve uma base, falta dedicação e honradez por parte dos atletas. Sinceramente, não será fácil escapar do rebaixamento. Porque os números dizem isso e os confrontos daqui para frente também. Na minha humilde visão, o alvinegro precisa fazer pelo menos 48 pontos. Faltam 20. E para atingir essa marca, são necessárias 6 vitórias e dois empates. A mesma meta do Avaí, só que para subir.

domingo, 7 de setembro de 2008

16 CLUBES PARA 4 VAGAS NA SÉRIE B

O futebol é mesmo uma caixa de surpresa. Quem iria garantir que times tradicionais ficariam de fora da disputa. Além do Santa Cruz-PE, Remo-PA e Noroeste-SP também vão disputar a quarta divisão em 2009. Caxias-RS e América-MG tiveram bons saldos de gols e se mantiveram na Série C. O mesmo aconteceu com Sampaio Corrêa-MA e Icasa-CE. A fase seguinte traz quatro grupos de 4, classificando-se para o octogonal final as duas primeiras equipes. Confira as chaves:


RIO BRANCO-AC
LUVERDENSE-MT
ÁGUIA-PA
PAYSANDU-PA


SALGUEIRO-PE
CAMPINENSE-PB
ASA-AL
CONFIANÇA-SE


ATLÉTICO-GO
MIXTO-MT
GUARATINGUETÁ-SP
DUQUE DE CAXIAS-RJ


GUARANI-SP
ITUIUTABA-MG
MARCÍLIO DIAS-SC
BRASIL-RS

AVAÍ CONQUISTA O TURNO NOS JUNIORES

Os juniores do Avaí poderiam perder por 3 a o, mas fizeram bonito. Foram a Blumenau e derrotaram o Metropolitano por 1 a 0. Foram 5 jogos no turno do hexagonal, com 17 gols marcados e dois sofridos. O returno recomeça no sábado, dia 13. O jogo que abre a rodada, tanto no juvenil quanto no junior, é o clássico, lá no CT do Cambirela. Lembrando que no juvenil o Figueirense já está na final, ao contrário do Avaí que garantiu vaga na finalíssima da categoria junior.

ANÁLISE DOIS

O Corinthians está a 4 vitórias da Série A. Soma hoje 51 pontos e chegando a 63, carimba o passaporte. Dificilmente deixa escapar o caneco. Lá em junho o blog afirmou que o Timão subiria até a décima rodada do returno. Dito e feito. Já se foram 4 partidas. Nas próximas seis, dianta da minha projeção, o time alvinegro precisa vencer 4 e se isso ocorrer vai ajudar diretamente o Avaí. Já o Vila Nova, em segundo com 44, está a 6 vitórias da glória. Acredito que com 63 pontos o acesso é garantido, mas trabalho também com a hipótese de 62. É aí que entra o Avaí. O Leão da Ilha necessita de 6 vitórias e 2 empates, somando 62. Para os mais perfeccionistas, sete vitórias, alcançando 63. Lembrando que o Avaí joga 8 em casa e 7 fora.

ANÁLISE UM

Derrota absolutamente normal ontem para o Santo André. O ponto mais positivo foi o fato de apenas um jogador ter recebido o cartão amarelo, no caso, Wendell que cederá vaga ao Batista contra o Fortaleza. O Avaí ficou 3 pontos à frente do quinto colocado, o Barueri, mas não há motivos para desespero. Vencerá o Fortaleza, o Corinthians matará o Barueri e Vila Nova e Santo André jogam fora, podendo tropeçar. Na minha visão, o Avaí ou volta à segunda colocação ou ficará em terceiro, caso o Vila pelo menos empate em Maceió contra o CRB. Importante frisar que depois desses jogos teremos uma nova rodada de confrontos diretos que vão encaminhar a classificação. O Avaí vai a Goiânia enfrentar o Vila Nova e o Santo André recebe o Barueri.

sábado, 6 de setembro de 2008

DUPLA DOMINA CATEGORIA DE BASE

O Figueirense venceu o turno do Hexagonal Final do Campeonato Catarinense Juvenil e agora se concentra para o returno. Se vencer a fase seguinte leva novamente o título. No turno, o alvinegro venceu os 5 jogos, marcando 17 gols e sofrendo apenas dois. Os adversários diretos foram: Avaí, Joinville, Criciúma, Marcílio Dias e Brusque. Já nos Juniores, o Avaí pode perder por 3 a 0 para o Metropolitano hoje em Blumenau para garantir o título do turno do hexagonal. Se for 4 a 0, o time blumenauense conquista a fase. No returno, além das duas equipes, disputarão o título Figueirense, Joinville, Criciúma e Brusque.

LEMBRANÇA DA CHUVA DE JANEIRO

A chuva deste final de semana não se compara ao ciclone que atingiu a região metropolitana no dia 31 de janeiro. À época, participei da cobertura da Rádio Guararema na prestação de serviço às comunidades. Além da Ilha, a situação ficou complicada em Biguaçu, Palhoça, São José e Santo Amaro da Imperatriz. Me lembro bem da tristeza dos moradores deste municípios. No Sertão do Imaruí, os gados foram retirados dos campos de lancha pela Polícia Militar.

SABADÃO DE CHUVA

Frio e chuva são sinônimos de repouso. Lugar quente, um bom vinho, uma feijoada, a família. Aproveitem tudo isso neste sábado de tempo instável. O blog ainda não tem o departamento de metereologia, mas afirma: esta é a última frente fria antes da chegada da primavera, a estação das flores e de temperaturas agradáveis. Portanto, a chuva em setembro é comum e necessária para equilibrar o ecossistema. Desfrutar destes momentos finais de frio é fundamental.

PESQUISA IBOPE

A disputa pela Prefeitura de Florianópolis continua equilibrada. Veja abaixo, em primeira mão, os percentuais dos 3 primeiros candidatos colocados. As informações da pesquisa Ibope estarão nas bancas daqui a pouco no jornal Diário Catarinense de domingo:


DÁRIO BERGER 27%
AMIN 22%
CESAR SOUZA JR. 16%


Em 10 de agosto, o quadro estava assim:

AMIN 29%
DÁRIO 22%
JUNIOR 14%

sexta-feira, 5 de setembro de 2008

CONSULADO MANTÉM ORGANIZAÇÃO

A Consulado vai repetir em 2009 o mesmo carnaval, extremamente organizado. No dia 16 deste mês acontece o primeiro de uma série de ensaios que serão feitos até fevereiro no Floripa Music Hall, aos domingos. Muitos pensaram que a quadra ia ser abandonada. Mas isso não irá ocorrer. Os ensaios no Saco dos Limões estão mantidos a partir de janeiro nos dias: terça, quarta, quinta e sábado. No dia 19 de outubro haverá um grande evento no Music Hall com a participação dos intérpretes do Rio de Janeiro (Wantuir Grande Rio, Luizito Mangueira e Quinho Salgueiro) e das 5 agremiações de Floripa.

CORREÇÃO

A pesquisa eleitoral da Brasmarket, encomendada por RIC Record e Notícias do Dia, será divulgada no próximo final de semana, precisamente no dia 13. A decisão foi um comum acordo entre as empresas para evitar divergências ou até coincidências em relação aos números do Ibope que serão informados pela RBS neste sábado.

LEMBRAM?


Lembram dele? Está no Luverdense, do Mato Grosso. Recordou? Isso mesmo, Gauchinho, com passagem pelo Avaí em 2001 e 2003. É o quarto artilheiro da Série C com 7 gols. O Luverdense, da cidade de Lucas do Rio Verde, briga ainda por uma vaga à terceira fase da terceirona nacional. Luta contra Remo-PA e Holanda-AM pela outra vaga, já que o Rio Branco-AC se classificou antecipamente.

CAMISA HISTÓRICA

Essa foi a camisa do Grêmio na conquista do bicampeonato da Libertadores da América em 1995. Grupo que contava à época com o comando de Luiz Felipe Scolari, o Felipão. O time titular era: Danrlei, Arce, Adilson, Rivarola e Roger; Dinho, Luiz Carlos Goiano, Arílson e Carlos Miguel; Paulo Nunes e Jardel. Em seguida, o tricolor gaúcho perdeu o título mundial, no Japão, para o Ajax da Holanda.

PESQUISAS ELEITORAIS

Atenção eleitores. Final de semana de pesquisas eleitorais. A RIC-Record e o Jornal Notícias do Dia publicam a intenção de votos da população florianopolitana nesta sexta. Na tv, os dados serão informados hoje à noite no jornal noturno. Amanhã cedo o Jornal Notícias do Dia estará nas bancas com os números da pesquisa Brasmarket. Já a pesquisa do Ibope, estará a disposição de todos a partir das 10h da manhã deste sábado, na edição dominical do Diário Catarinense. Fiquem espertos, tem mudança!!!

RANCHO DE AMOR À ILHA

Hoje faz 10 anos da morte do poeta Zininho. Não o conheci pessoalmente, mas com certeza sei que ele é o autor da mais bela canção feita sobre Florianópolis, o Rancho de Amor à Ilha. Com uma melodia que apaixona, a música invade os corações e evidencia o orgulho açoriano. Tanto é que se tornou hino oficial da cidade. Não existe um manezinho que não saiba um trecho da música e que não se emociona ao ouvi-la. Ao lado de Zininho, à direita, outro gênio, Luiz Henrique Rosa, pai do Manga e do Manoel meus amigos de infância que moram ainda no Morro da Malária. Este foi capaz de escrever o hino do Avaí, tão signiticativo quanto o Rancho. Eis a identidade da velha Desterro.

quinta-feira, 4 de setembro de 2008

MARINHEIRO TEM DOIS ADVERSÁRIOS

O Marcílio Dias já tem dois adversários conhecidos na terceira fase da Série C. São eles o modesto Ituiutaba-MG e o Guarani-SP. A outra vaga será disputada por Caxias-RS e Brasil de Pelotas, ambos clubes gaúchos. O Xavante precisa apenas de um empate com o Marcílio, em casa, para avançar. Já o Caxias, necessita da vitória contra o Toledo, no interior do Paraná, e ainda torce por um tropeço do Brasil em casa para o rubro-anil de Itajaí. Lembrando que na quarta fase acontece o octogonal final, onde os clubes se enfrentam em turno e returno. Os quatro primeiros ascendem à Série B.

A DESTRUIÇÃO DO CAMPO DA LIGA

A demolição do Estádio Adolfo Konder omeçou ainda em 1983. Dez anos depois, era inaugurado o Beiramar Shopping que completa 15 anos no dia 27 de outubro deste ano. Na mesma data, em 1983, veteranos de Avaí e Figueirense faziam o jogo de despedida do saudoso "Pasto do Bode", ou Campo da Liga como também era chamado.

TÚNEL DO TEMPO

O Túnel do Tempo de hoje traz uma foto de 1940 da casa que hoje abriga a boate El Divino. Os traços açorianos da edificação se mantém. As casas ao estilo português são revestidas por uma mistura composta por barro e bambú. O patrimônio, sediado na Av. Beira-Mar Norte, na antiga Praia do Muller, foi tombado nos anos 90.

FALTAM 9 DIAS

Faltam 9 dias para a festa dos Formandos de 1998. Foi corrido, mas deu certo. A confraternização vai acontecer. Não esqueçam, os convites estão sendo vendidos na loja Mix Urbano do Shopping Iguatemi e na Academia do Colégio Catarinense. Mulheres pagam R$25 e homens R$40. Carreteiro, pagode, chope, bom papo e fotografias.

FOI MESMO

E o Santa Cruz hein? Foi mesmo para a Série D. O blog trouxe essa informação faz duas semanas. Mas faltavam alguns resultados para a tal derrocada. O primeiro a sofrer com a queda foi o presidente da Associação dos Magistrados Brasileiros, Dr. Valladares que esteve em Florianópolis hoje pela manhã. Questionado sobre o insucesso, evitou falar de futebol. Mas claro, sempre de bom humor. O Joinville ainda não sabe se vai disputar essa competição ano que vem. Depende do desempenho na Copa Santa Catarina que começa em outubro e dá ao campeão o direito de disputar a Série D.

CURIOSAMENTE

Engraçado. Faz tempo que os dois times da capital não vivem um bom momento. A última vez foi em 2001, quando ambos chegaram ao quadrangular final da Série B. E na ocasião, só o Figueirense se deu bem. Depois disso, foram anos de hegemonia alvinegra. Nesse ano, o Avaí está perto do acesso, mas faltam ainda 20 pontos, e o Figueirense vai acabar lutando para não cair. Ou seja, um não vive sem outro, mas bem que poderia acontecer uma fase estável da dupla. Fica para 2009. Caso o Figueira se mantenha e caso o Avaí suba. Recorrer à matemática é o que será feito. Os alvinegros planejam mais 22 pontos para ficar na elite, 7 vitórias e um empate em 15 jogos. Já o Leão da Ilha, precisa de 6 vitórias e dois empates em 16 partidas. Veremos.

ANÁLISE

Fui ao jogo de ontem e vi uma partida distinta. No primeiro tempo, o Figueirense esboçou um jogo mais ofensivo, mas deixou o Flamengo jogar. Perdeu nos primeiros 45 minutos. No segundo tempo, os alvinegros jogaram melhor. Entretanto, permitiram, no contra-ataque, o terceiro gol do Flamengo. Jogar em casa, sob pressão, é assim. Vai para o ataque e toma na volta. Mas o que mais me impressionou na noite agradável no Estreito, com temperatura na casa dos 23 graus, foi a frieza da torcida alvinegra. Isso vem ocorrendo faz tempo. Não sei o que houve. A torcida do Figueirense sempre se mostrou vibrante, ao lado clube. De uns para cá, caiu. Exceto a Gaviões, que grita o jogo todo, o resto fica sentado e mal comemora o gol. Faltam gritos de incentivo, coisa nova. A torcida adversária deitou e rolou ontem. O clube precisa mobilizar a torcida. Não basta ir, é necessário gritar, torcer, apoiar.

CLUBE DE QUINTA HOJE

Alô amigos do Clube de Quinta!!! Hoje não vou de novo, por compromisso profissional. Mas para informar os desinformados, o jogo está confirmado às 20h, na Arena do Claudinho. O prato da noite, uma deliciosa paella preparada pelo chef-artilheiro, Marcão. Bom encontro a todos e até, quem sabe, depois das eleições. Um abraço.